Viajando nas terras de Agatha, por Tito Prates

“Uma Aventura de Emoções na Inglaterra de Agatha Christie” é o apropriado subtítulo de “Viagem À Terra da Rainha do Crime”, uma deliciosa odisseia de Tito Prates pelas terras onde a Dama do Mistério nasceu, morou ou passeou, um livro publicado pela Chiado Editora. Tito é moderador da comunidade “Agatha Christie Brasil” do Orkut e do perfil “Agatha Christie Brasil” no Facebook: contacte por lá o autor e aproveite para conhecer mais sobre a vida e a obra de nossa querida autora.

Veja uma entrevista com o autor [setembro de 2013]:
http://comunidaderesenhasliterarias.blogspot.com.br/2013/09/entrevistatito-prates-escritor.html

TITO1

A polêmica sobre a “nova aventura” de Hercule Poirot

A nota é curta e direta, na verdade uma carta direcionada ao jornal The Telegraph sobre o “novo romance de Hercule Poirot”, a respeito do qual falamos aqui no A Casa Torta no post The Guardian e o “novo” Poirot:

Agatha Christie would be turning in her grave at the announcement that there is to be a new Poirot novel (report, September 4).

While I am sure Sophie Hannah will do an excellent job, the reason that Agatha Christie killed off her detective in Curtain was to prevent any such future spin-offs after her death. During her lifetime, Agatha Christie’s daughter Rosalind fervently protected the integrity of her mother’s work. It is sad that such integrity no longer appears to be the cornerstone of Agatha Christie Ltd.

Cathy Cook
Author, The Agatha Christie Miscellany
Bradwell-on-Sea, Essex

E gerou diversos comentários, confira:
http://www.telegraph.co.uk/comment/letters/10329075/One-case-too-many-for-Agatha-Christies-Poirot.html

Entenda o caso em outros links do The Telegraph:

- [04.09.2013] New Poirot book to be published with permission of Agatha Christie’s family
– [07.09.2013] Poirot without a decent plot really would be a crime

A foto do busto de Agatha em Torquay ilustra a matéria:

agatha_2680679c

Leia também:
Torquay Museum

A Maldição do Espelho: O melhor motivo

O texto de apresentação do vídeo no Youtube (da L&PM) já diz tudo:

Considerado por muitos fãs o melhor motivo de assassinato já escrito pela rainha do crime, “A Maldição do Espelho” é um dos mistérios mais psicologicamente intensos de Agatha Christie. Nesse caso, é Miss Marple quem terá de se embrenhar no passado dos envolvidos para desvendar um cruel assassinato. Confira “A Maldição do espelho” na Coleção L&PM Pocket!

Veja o vídeo de 48s:
https://www.youtube.com/watch?v=bIOsrf0bnFM

Opções de eBooks da obra de Agatha Christie

O site LeYaOnline é de Portugal, e portanto os valores são cobrados em Euros, com tradução no português de lá. Mas é uma boa opção para quem procura eBooks da obra de Agatha Christie. Clique aqui e veja as opções e preços:

http://www.leyaonline.com/

A Amazon tem opções em inglês para Kindle. Comece por:

http://www.amazon.co.uk/kindle/dp/B0046A9N1C

Consulte também as opções da Livraria Cultura:

http://www.livrariacultura.com.br/scripts/busca/busca.asp?avancada=1&titem=7&palavratitulo=agatha%20christie&ordem=disponibilidade&pagina_atual=ebooks

Opções da Livraria Saraiva:

http://busca.livrariasaraiva.com.br/

Mais dicas serão sempre bem-vindas.

Agatha no Cooltural

assassinato-no-expresso-do-oriente

O ótimo blog “Cooltural – Literatura, cinema e afins!”, coordenado por Ademar Júnior no endereço

http://coolturalblog.wordpress.com/

publicou, em 14.04.2013, um texto sobre um dos mais populares livros de Agatha Christie. O post “Assassinato no Expresso do Oriente” é assinado por José Mailson:

Quem já leu Agatha Christie sabe que é quase impossível ler apenas um de seus mais de oitenta títulos. Assim, este foi o sétimo livro dela que li. Depois disto, ainda li Assassinato no Campo de Golfe, para o Clube de leitura. Quanto mais leio seus livros, mais vontade tenho de ler os outros. Em Assassinato no Expresso do Oriente, o famoso detetive Hercule Poirot desvenda mais um de seus casos de forma espetacular.

Quem além de Poirot seria capaz de desvendar, de forma magnífica, um crime que aconteceu em um trem, Expresso do Oriente, que está parado nos trilhos por conta da neve? Hercule Poirot alia toda a sua experiência com o fato de o luxuoso trem está surpreendentemente cheio para aquela época do ano. (…)

Leia o texto completo no Cooltural, clicando aqui:

http://coolturalblog.wordpress.com/2013/04/14/assassinato-no-expresso-do-oriente/

The Grand Tour: Around the World with the Queen of Mystery, Agatha Christie

GrandTour agatha christie

Matéria do The Washington Post de 18.01.2013:

No murders. That’s the one complaint Agatha Christie fans may make about “The Grand Tour,” an otherwise marvelous compendium of never-before-published letters, autobiographical excerpts and black-and-white photographs generated by Christie and her first husband, Archie, during the round-the-world tour they took in 1922. Eccentric characters abound (mustachioed majors! suspiciously solicitous servants!), as do lavish locales (ocean liners! grand hotels!). Indeed, the only thing missing from this real-life Christie adventure is the corpse in the dining car, the body in the ballroom.

Unlike other limited-interest material that has been exhumed from Dame Agatha’s cupboards in recent years (notebooks, to-do lists, appointment diaries and story drafts), “The Grand Tour” is not only illuminating but genuinely entertaining. Edited by Christie’s grandson, Mathew Prichard, this hodgepodge volume conjures up something we Christie readers have never quite seen before: a vivid impression of the young Agatha.

Leia mais clicando aqui.

Décadas e décadas de A Ratoeira

Apesar do título com erro, uma matéria interessante [de 01.08.2012] sobre o clássico A Ratoeira:

In the year The Mousetrap opened at the New Ambassadors Theatre in London’s West End, the 25-year-old Elizabeth Windsor ascended the throne, wartime tea-rationing came to an end and Vera Lynn was topping the charts with Auf Wiederseh’n Sweetheart.

If the logic of showbiz held firm, Agatha Christie’s drawing room murder-mystery should have ended its run before an ailing Winston Churchill handed over the British prime ministership to Anthony Eden in 1955 (Christie herself expected it to wrap up after four months).

However, unlike the hundreds of victims of Britain’s gleefully murderous Queen of Crime, The Mousetrap refused to die. It has seen off many of its founding cast, including Richard Attenborough, to become the longest-running play in theatrical history.

Since debuting in 1952 there have been upwards of 25,000 performances with more than 400 actors joining the revolving-door ensemble who each night gather in the Great Hall of Monkswell Manor in the middle of a snowstorm to play out the most famous guessing game in theatrical history.

Leia mais clicando aqui.

Veja outros posts sobre A Ratoeira em nosso blog clicando aqui.

Um Poirot de mais de 40 mil libras

De acordo com a Folha de São Paulo, um exemplar do livro “Poirot Investiga”, de Agatha Christie, foi leiloado por um valor recorde de 40.630 libras:

Acredita-se que o valor mais alto alcançado anteriormente por um livro da autora foi de 10 mil libras, por um exemplar do livro “O Misterioso Caso de Styles”.

A coletânea de contos de Christie foi leiloada pela casa Dominic Winter e tinha um preço estimado entre 3.000 e 5.000 libras. Depois de muitos lances, foi arrematada por Christian Jonkers, da Jonkers Rare Books.

Segundo Chris Albury, que comandou o leilão, o livro era particularmente atrativo a colecionadores porque contém a primeira imagem do famoso detetive belga Hercule Poirot e tem uma sobrecapa de papel por cima da capa dura.

Leia mais clicando aqui.

Assassinato no Expresso do Oriente, uma análise

Como já assinalamos aqui no blog em post de 15.09.2010, o livro “Assassinato no Expresso do Oriente” ganhou sua primeira adaptação cinematográfica em 1955 (na Alemanha). Depois, também nos cinemas, uma nova versão foi produzida em 1974 pelo diretor Sidney Lumet com roteiro de Paul Dehn. Finalmente uma versão (da CBS) em 2001 sob a direção de Carl Shenkel, foi exibida na TV com Alfred Molina na pele de Hercule Poirot. Recentemente, a jornalista Leilane Soares, do blog Cinema Com Rapadura (http://cinemacomrapadura.com.br) publicou post sobre o livro, citando o filme de 2001:

A violência em si é um ato cruel, mas quando cometido contra uma criança se torna algo inominável. Ninguém entende até hoje os motivos que levam alguém a praticar o mal a uma pessoa que mal pode se defender. De onde vem esse prazer em maltratar uma criança? Afinal de contas, por quê? O que isso tem a ver com um dos maiores títulos de Agatha Christie? Está confortável aí na cadeira? Então, vem comigo que eu te explico.

Leia o texto completo no post Cinema Com Rapadura de 12.03.2012:

http://cinemacomrapadura.com.br/colunas/livros-e-cinema/253544/livros-assassinato-no-expresso-do-oriente-e-surpreendente/

Alguns dos posts relacionados:
[Filme] Murder on the Orient Express
[Livro] Assassinato no Expresso do Oriente
Agatha Christie 120 Anos | Murder on the Orient Express / Assassinato no Expresso do Oriente
Poirot e seus amores
Falecimento de Sidney Lumet
Agatha Christie em quadrinhos
Assassinato no Expresso Oriente 2010

Nova capa, nova edição: Convite para um Homicídio

A L&PM Editores celebra, com uma edição nova, o excelente “Convite para um Homicídio”:

(…) foi o 50º livro de Agatha Christie e seu lançamento deu origem a uma grande festa de comemoração no Hotel Savoy em Londres, em junho de 1950. Durante o evento, a escritora teria posado feliz para os fotógrafos ao lado de Sir William Collins, da Editora Collins, junto a um bolo cuja cobertura era igual à capa do livro. Convite para um Homicídio é considerado um dos dez melhores romances policiais de Agatha Christie e o melhor dos títulos de Miss Marple.

Leia mais clicando aqui.

A Noite das Bruxas versus Hallowe’en Party

David Suchet e Zoe Wanamaker em Hallowe'en Party

David Suchet e Zoe Wanamaker em Hallowe'en Party

“- O senhor sabe o que é uma festa de Halloween, na véspera de Todos os Santos?
– Eu sei o que é Halloween – disse Poirot. – É o dia 31 de outubro. – Piscou os olhos ligeiramente, ao dizer: – Quando as bruxas voam em cabos de vassouras.”
Agatha Christie, A Noite das Bruxas, trad. Edilson Alckmin Cunha. L&PM. 2010.

George: Not enjoying it, sir?
Hercule Poirot: It is the subject matter, George. It is distasteful. Poirot, he has seen much evil in this world. It should not be the subject of such mockery. Halloween is not a time for the telling of the stories macabre, but to light the candles for the dead. Come, mes amis, let us do so.
Agatha Christie’s Poirot: Hallowe’en Party, episódio 3, temporada 12. ITV. 2010.

Assassinato no Expresso do Oriente com bom preço na Saraiva em setembro de 2011

Com capa na cor roxa e o semblante da autora na capa (semelhante a outras da mesma Coleção Saraiva de Bolso, que contém obras de grandes autores, cada uma com a figura do autor na capa), esta edição da Nova Fronteira do clássico de Agatha Christie “Assassinato no Expresso do Oriente” sai por R$ 12,90 nas livrarias Saraiva, segundo a revista de setembro de 2011.

Link para o livro no site:

http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/3649203/assassinato-no-expresso-do-oriente-col-saraiva-de-bolso/?ID=A14FFC027DB09090A22170414

Foto da página da revista

Foto da página da revista

Agatha Christie’s Murder in the Making – Stories and Secrets from her Archives

Agatha Christie: Murder in the making

Na sequência de Agatha Christie’s Secret Notebooks, o arquivista e especialista na obra de Christie John Curran conduz o leitor através das seis décadas da carreira de Agatha como escritora, revelando algumas pistas extraordinárias para o seu sucesso e alguns trechos dos seus arquivos e contos nunca publicados antes.

Iniciando suas investigações pelos anos 1920, John Curran examina os costumes convencionais dos romances de detetive como eram na época e revela como o editor de Agatha Christie a convenceu a alterar o final do seu primeiro livro, O Misterioso Caso de Styles, uma ação que quase certamente mudou os destinos não apenas da carreira dela mas também do futuro da ficção policial. Pela primeira vez, este livro publica o final original de Agatha, dolorosamente transcrito do rascunho escrito à mão em um de seus cadernos de notas mais antigos.

Assim como revela mais de uma dúzia de ideias de livros não publicados, Agatha Christie’s Murder in the Making contém dois contos nunca vistos dos seus arquivos – The Man Who Knew e um rascunho inicial de Miss Marple, The Case of the Caretaker’s Wife.

[Tradução livre de post no site oficial.]

Post relacionado
Sugestão de leitura | Agatha Christie’s Secret Notebooks: Fifty Years of Mysteries in the Making

Contos inéditos no catálogo da Avon

Campanha 09/2011, p. 161

Para quem não tem intenção de adquirir o livro Os Diários Secretos de Agatha Christie, de John Curran, a editora Leya publicou os contos inéditos A Captura de Cérbero e O Incidente da Bola de Cachorro separadamente. Cada conto é acompanhado das anotações de Curran e de três ou quatro capítulos do Diários…, e os dois volumes estão à venda no catálogo 09/2011 da Avon por R$22.

http://www.folhetoavon.com.br/

Livros em promoção [Submarino e Avon]

Campanha 06/2011

O folheto da campanha 06/2011 da Avon traz dois livros de Agatha Christie:

 

[1] E Não Sobrou Nenhum – Anteriormente Publicado Como O Caso Dos Dez Negrinhos [trad. Renato Marques, Ed. Globo] R$ 14,99

[2] Vira-Vira O Misterioso Caso de Styles + O Caso do Hotel Bertram + conto Enquanto Houver Luz [Ed. Best-Seller] R$ 21,99.

http://www.folhetoavon.com.br/

Já o Submarino está com descontos nos romances policiais:

[1] A Teia da Aranha; O Misterioso Caso de Styles; O Caso do Hotel Bertram; Poirot e o Mistério da Arca Espanhola & Outras Histórias; Um Brinde de Cianureto; Enquanto Houver Luz E Outros Contos de Suspense; Cinco Porquinhos; O Inimigo Secreto; Os Relógios; A Testemunha Ocular do Crime; O Segredo de Chimneys R$ 10,00 cada

[2] Punição Para A Inocência R$ 12,90

[3] E Não Sobrou Nenhum; O Homem do Terno Marrom R$ 14,90 cada

[4] Seguindo A Correnteza R$ 16,90

[5] Morte na Mesopotâmia; Elefantes Não Esquecem R$ 26,90 cada

[6] HQ Assassinato no Expresso Oriente + Morte no Nilo R$ 42,00

[7] Agatha Christie Edição Especial [Assassinato no Expresso do Oriente, Morte no Nilo, A Mansão Hollow e Cai o pano] R$ 59,90

Caixa com três livros na Avon

Pág. 164 do folheto Moda e Casa, campanha 19/2010

Pág. 164 do folheto Moda e Casa, campanha 19/2010

Para quem perdeu a chance no ano passado, a Avon repete agora: caixa contendo três romances policiais de Agatha Christie por R$ 19,99 no folheto do ciclo 19/2010 [consulte as datas de pedido e entrega com a sua consultora Avon].

Os livros do box são editados pela Nova Fronteira e os títulos são:

Assassinato no Expresso do Oriente [222 p.]
Pouco depois da meia-noite, uma tempestade de neve pára o Expresso do Oriente nos trilhos. O luxuoso trem está surpreendentemente cheio para essa época do ano. Mas, na manhã seguinte, há um passageiro a menos. Um americano é encontrado morto em sua cabina, com doze facadas, e a porta estava trancada por dentro. Pistas falsas são colocadas no caminho de Hercule Poirot para tentar mantê-lo fora de cena, mas, num dramático desenlace, ele apresenta não uma, mas duas soluções para o crime.

Cai o Pano [217 p.]
Para resolver o último caso de sua carreira, o detetive belga Hercule Poirot volta ao local onde solucionou os primeiros crimes. Neste livro, o último de um ciclo de romances de Agatha Christie, o talento da escritora inglesa junta-se à primorosa tradução de Clarice Lispector.

O Natal de Poirot [223 p.]
Um grupo de pessoas se dirige à Gorston Hall, para celebrar o Natal. Entre elas, um francês, um sul-africano e uma misteriosa e bela espanhola. A moça, Pilar, parece muito frágil – mas não há dúvidas de que seus nervos são de ferro: eles lhe serão indispensáveis para o abominável Natal que se aproxima.

http://www.folhetoavon.com.br/

Vira-Vira Agatha Christie

Volume único

A editora Best Seller lançou dois volumes da coleção Vira-Vira com livros de Agatha Christie. São livros que contém duas ou mais histórias em cada volume por um preço único.

No catálogo da campanha 18.2010 da Avon tem um desses volumes por R$19,99, com três histórias: os romances O Misterioso Caso de Styles e O Caso do Hotel Bertram e o conto Enquanto Houver Luz. O volume tem 406 páginas [foto].

“O Misterioso Caso de Styles”
No meio da madrugada, a rica proprietária da mansão Styles é encontrada morta em sua cama, aparentemente vítima de um ataque cardíaco. As portas do quarto estavam trancadas por dentro e tudo indicava morte natural. Mas o médico da família levanta uma suspeita: assassinato por envenenamento. Todos os hóspedes da velha mansão tinham motivos para matar a Sra. Inglethorp e nenhum deles possuía um álibi convincente. Para solucionar o crime entra em ação o detetive Hercule Poirot, irresistível personagem criado por Agatha Christie, que faz a sua estréia neste caso intrigante. Um marco da literatura policial e um dos maiores romances do gênero.

“O Caso do Hotel Bertram”
O luxuoso hotel Bertram é um dos poucos edifícios de Londres a conservar o charme da Inglaterra do início do século XX e, mesmo freqüentado por duquesas e barões arruinados, ainda é um dos símbolos da aristocracia britânica. Quando Miss Marple se hospeda no hotel Bertram, sua única intenção é recordar os bons momentos da juventude passados lá. O que a simpática velhinha de Saint Mary Mead não pode imaginar é que está para se envolver com uma série de crimes e roubos misteriosos: uma ameaça à reputação do tradicional hotel e à própria vida de Miss Marple.

Esse mesmo livro está em promoção no site da Saraiva por R$15,90. No site tem também um segundo volume contendo o romance Assassinato no Campo de Golfe e a seleção de contos Poirot Investiga, por R$19,90 – ambos estrelados por Hercule Poirot [esse volume não está à venda no catálogo da Avon da campanha 18].

Os Diários Secretos de Agatha Christie: Ainda não comprado, mas…

Em mãos

Em mãos

No fim de semana mais que cultural que incluiu três livrarias e um sem-número de exposições gratuitas pela cidade, aproveitei uma cadeira fortuita na Livraria da Travessa e mais que folheei o objeto de desejo “Os Diários Secretos de Agatha Christie”: consegui ler por inteiro um dos dois contos inéditos que estão no final do livro, com Hercule Poirot e Hastings (leia post a respeito clicando aqui).

O que achei ? É um conto pequeno, simples, sem nada de mirabolante para os fãs habituais de Agatha. Mas a sensação de ter em mãos e entrando pelos olhos algo jamais lido da grande Dama do Crime é curiosamente deliciosa… nunca pensei que ficaria tão excitado por uma leitura !

O conto

O conto

Agatha Christie em quadrinhos

O site da editora L&PM permite que você leia as primeiras páginas da versão em quadrinhos [de François Rivière e Solidor] de “Morte no Nilo”, uma das duas histórias publicadas neste formato (a outra é “Assassinato no Expresso do Oriente”):

http://www.lpm-editores.com.br/catalogos/digitalbook/?Livro848345

Capa do livro

Capa do livro

Meta para breve: Os Diários Secretos de Agatha Christie

Capa do livro

Capa do livro

Mesmo ainda não tendo lido “Os Diários Secretos de Agatha Christie”, de John Curran, não podemos deixar de citar o lançamento, pela editora Leya, desta obra que, segundo conta o site EPTV, revela algumas de suas anotações de trabalho e que seria resultado de uma pesquisa meticulosa nos manuscritos de Agatha, com duas histórias inéditas de Hercule Poirot:

A pesquisa de Curran começou quando o escritor irlandês conheceu Mathew Prichard, neto de Agatha. Da amizade, Curran pode desfrutar do acesso ao material que serviu como objeto de seu trabalho. Ao todo, ele analisou 73 cadernos de anotações com desenhos, fotos, ilustrações, rascunhos de mapas, trechos e capítulos excluídos de outros livros que não chegaram a ser publicados. Agatha Christie produziu 66 novelas policiais, 20 peças teatrais, seis romances e mais de 150 contos, contabilizando cerca de dois bilhões de exemplares vendidos em todo o mundo.

Em “Os Diários Secretos de Agatha Christie”, o autor mostra algumas peculiaridades da vasta obra da inglesa. Há revelações especialmente saborosas para leitores familiarizados com os livros, como o que inspirou a autora criar a reviravolta final em “O assassinato de Roger Ackroyd”. Ou a descoberta de qual das histórias de Poirot foi inicialmente elaborada como uma aventura de Miss Marple.

Leia mais clicando aqui.

Link para o livro no Submarino:
http://www.submarino.com.br/produto/1/21864935/diarios+secretos+de+agatha+christie,+os

Na Saraiva você pode comprar clicando aqui.

Garimpando Agatha nas livrarias

Embora minha intenção original nem fosse procurar por Agatha nas grandes livrarias cariocas neste fim de semana, acabei me deparando com seus livros neste sábado e domingo, 03 e 04.07.2010. Na FNAC do Barra Shopping (RJ), encontrei dois livros por R$ 17,00 cada:

FNAC Barra

FNAC Barra

Já na Saraiva do Rio Sul, uma edição em inglês sobre a qual Lady Lucy falará em breve aqui em A Casa Torta… :) O título é “Masterpieces in Miniature – Stories: The Detectives; Parker Pyne; Harley Quin, Hercule Poirot, and Miss Marple”, com custo de R$ 35,40:

Masterpieces in Miniature: Stories: The Detectives; Parker Pyne; Harley Quin, Hercule Poirot, and Miss Marple

Masterpieces in Miniature: Stories: The Detectives; Parker Pyne; Harley Quin, Hercule Poirot, and Miss Marple

Indicando livro(s) de Agatha (ou não)

O Natal de Poirot

O Natal de Poirot

Depois de mais de 50 livros lidos e [por enquanto apenas] 16 nesta nossa tarefa blogueira de tentar ler tudo de novo na ordem em que foram originalmente lançados [ou quase], me deparei com um que nunca tinha lido e passei a considerar um dos melhores livros de Dame Agatha: “O Natal de Poirot”. Desafio os leitores de nosso blog “A Casa Torta” a descobrirem o assassino: um dos mais difíceis.

Outra boa indicação (o primeiro que li na vida): “Um Gato Entre os Pombos”, outro de resolução quase impossível e uma das melhores histórias de Agatha. Isso sem falar em clássicos como “O Assassinato de Roger Ackroyd” (mas este é tão clássico que muita gente acaba revelando o final inadvertidamente — cuidado, portanto, com os spoilers da rede e os linguarudos da vida real), “O Inimigo Secreto” (um de meus preferidos, o primeiro caso de Tommy e Tuppence Beresford), além dos mais populares “O Caso dos Dez Negrinhos”, “Assassinato no Expresso do Oriente” e “Morte No Nilo”, entre tantos outros.

A propósito… Quantos livros (Agatha ou não) você já leu este mês [livros de verdade, em papel, comprados seja novos ou em sebos] ? Deixe suas respostas nos comentários e também suas boas indicações para nossos leitores.

Agatha Awards: Vencedores

Reproduzo post de Thiago Carvalho, do blog Romances Policiais, publicado neste domingo, 02.05.2010, sobre os vencedores da última edição do Agatha Awards, prêmio dedicado a Agatha Christie que visa premiar os melhores livros do gênero policial lançados no ano de 2009:

Apesar de ser um prêmio voltado para a literatura policial, não são todos os livros que podem concorrrer. Seguindo o molde dos livros da rainha do crime, os romances indicados não podem conter violencia em excesso e nem sexo explícito. Normalmente, os livros contam com um detetive amador: um jornalista ou um cidadão comum, em um cenário fechado em que os personagens conhecem uns aos outros.

Os indicados e o vencedor da principal categoria, Melhor Romance, foram:

- Swan for the Money – Donna Andrews
– Bookplate Special – Lorna Barrett
– Royal Flush – Rhys Bowen
– A Brutal Telling – Louise Penny (vencedor)
– Air Time – Hank Phillippi Ryan

Já os indicados e vencedor para a categoria Melhor Romances de Estréia foram:

- For Better For Murder – Lisa Bork
– The Sweetness at the Bottom of the Pie – Alan Bradley (vencedor)
– Posed for Murder – Meredith Cole
– The Cold Light of Mourning – Elizabeth Duncan
– In the Shadow of Gotham – Stefanie Pintoff

Veja as capas no blog Romances Policias, clicando aqui.

Rascunhos de Agatha

Reportagem de Alicia García de Francisco no portal G1 em 27.03.2010 conta que “O Caso dos Dez Negrinhos” e a “Morte na Praia”, clássicos de Agatha Christie, poderiam ter um final diferente, de acordo com o que mostra um livro que analisa os 73 cadernos de rascunho da autora:

A complexa simplicidade dos romances de Christie é revelada através das dezenas de cadernos que a autora encheu com suas anotações, objeto de estudo do irlandês John Curran em “Agatha Christie’s Secret Notebooks” (“Os cadernos secretos de Agatha Christie”, em tradução livre), ainda não publicado em português.

Curran, especialista na obra de Agatha Christie, a escritora que mais vendeu livros no mundo – 2 bilhões de exemplares em 45 idiomas, segundo seu site oficial -, passou quatro anos analisando os rascunhos.

“Eu sabia da existência dos cadernos, mas nunca, nem em meus melhores sonhos, cheguei a pensar que acabaria lendo eles um dia e publicando um livro sobre eles”, explicou Curran à Agência Efe em Torquay, cidade natal da escritora. Foi ali perto, na residência de verão dos Christie, que o especialista estudou os 73 cadernos conservados.

Leia mais clicando aqui.