Galeria de Fãs: Duda Menezes

A recifense Eduarda (Duda) Menezes é jornalista, blogueira, youtuber e devoradora compulsiva de livros. Manteve um blog, até abril de 2017, que falava bastante de Agatha Christie:

http://www.book-addict.com/

Canal no Youtube:

https://www.youtube.com/channel/UC_DEsOhuCBn0d0teuJmPuuA

Duda Menezes

Duda Menezes

Nos Shoppings: Achados de Agatha

O ano já começa com dicas encontradas em uma visita ao Barra Shopping, Rio, em 04 de janeiro de 2020:

1. LIVRARIA DA TRAVESSA – O preço é salgado, R$ 57,90, mas é um de nossos filmes clássicos favoritos, não?

2. SARAIVA – Várias opções em destaque nas prateleiras, incluindo citando a influência de Agatha em “Entre Facas e Segredos”…

Entre Facas e Segredos: A influência de Agatha

Diversos artigos nos portais da internet citam, com razão, Agatha Christie como a grande fonte de inspiração para o filme “Entre Facas e Segredos” em cartaz nos cinemas no final de 2019 e indicado em diversas premiações pelo mundo. Já levou diversos prêmios, especialmente de Melhor Elenco.

‘Entre Facas e Segredos’: mistério inteligente à moda de Agatha Christie [Veja]

“Entre Facas e Segredos” é homenagem certeira a Agatha Christie [A Gazeta]

Suspense em família à moda de Agatha Christie [Correio 24h]

Com clara inspiração no trabalho de Agatha Christie, Entre Facadas e Segredos chega aos cinemas [Jovem Pan]

Leia também:
Knives Out: Título em português e trailer na rede

Update 06.01.2020 – Leia também:
Entre Facas e Segredos: Continuação em 2021

Rui Miguel Tovar: Citando Agatha, entre pênaltis e belgas

Matéria do site português Tvi24 cita Poirot:

Tintim, o personagem de BD de Hergé, é belga. E não existe. Poirot, o detetive de Agatha Christie, é belga. E não existe. Manneken Pis, o menino a fazer xixi no centro de Bruxelas, é belga. E só existe em estátua de bronze. De pessoas propriamente ditas, o único belga de carne e osso famoso é Eddy Merckx, o ciclista mais conhecido como Canibal. Calma lá, até nem é o único. Estamos a esquecer-nos de Rik Coppens, o inventor do penálti a dois toques, aquele lance invariavelmente associado ao Ajax de Johan Cruyff. Pois bem, 25 anos antes do génio holandês, Coppens inaugura esta obra-prima.

A história começa a 7 de junho de 1957, durante um Bélgica-Islândia de qualificação para o Mundial. O jogo é de sentido único (8-3), tal a categoria dos belgas comparada com a falta dela dos nórdicos. Com 6-1 aos 44 minutos, a Bélgica ganha um penálti, apitado pelo luxemburguês Blitgen. Preparado para marcá-lo, Rik Coppens toma balanço, corre e, em vez de rematar para a baliza à guarda de Hermannsson, passa surpreendentemente para o lado, onde surge André Piters. Este, muito placidamente, recebe a bola e devolve-a a Coppens. Com a baliza à sua mercê e os islandeses totalmente atarantados, é golo pela certa. Sete-um, vai buscar. O estádio rejubila com a ideia inovadora e todos os belgas celebram o feito com uma pratada de moules frites – mexilhões com batatas fritas é um (prato) belga e existe. Como Coppens.

Leia o texto completo clicando aqui.

Hugh Laurie: Série sobre Agatha em breve

Segundo o site Omelete, Hugh Laurie, conhecido por seu papel na série House, está desenvolvendo o roteiro de uma série que adaptará uma obra de Agatha Christie para a BBC:

Segundo a Variety, a história da autora que está sendo trabalhada ainda não foi revelada. 

Laurie está adaptando o roteiro e ainda não divulgou planos de estrelar a série. Nenhum outro detalhe do projeto foi anunciado. 

Leia mais clicando aqui.