Café-da-manhã continental versus britânico

Poirot mantinha-se fiel ao café da manhã europeu. Ver-me comendo ovos com bacon o incomodava profundamente, dizia sempre. De maneira que ele tomava seu café com leite e pão no quarto, deixando-me à vontade para iniciar meu dia como um verdadeiro inglês: ovos, bacon, geléia etc. (A Casa do Penhasco, Ed. Nova Fronteira/2007, pág. 66)

British BreakfastEm alguns livros de Agatha Christie vemos Poirot consumindo apenas café com leite e torradas no café-da-manhã (quando muito substituindo o café por chocolate quente). Este é o chamado café-da-manhã europeu ou continental, servido no continente europeu, como o próprio nome sugere. É mais parecido com que temos nas Américas também, menos substancial e calórico.

Sua composição pode variar de país para país, conforme os produtos típicos de cada nação, mas são basicamente café, leite, suco de frutas, frutas, manteiga, frios e embutidos, pães, torradas, biscoitos e bolos. Os alimentos não precisam ficar aquecidos como no café-da-manhã britânico.

Já o Capitão Hastings prefere o café-da-manhã típico inglês, com uma variedade de pratos quentes – o que pode ser explicado pelo frio que sente-se na ilha, maior do que nos países no continente ao sul.

Um British Breakfast é composto desde os básicos café, leite, suco de frutas, chá, pão, manteiga e torradas até os “etc.” do trecho no início do post: ovos, bacon, lingüiças, presunto, rins, tortas, muffins e crumpets, geléias, gelatinas, frutas, aves, tomates fritos, peixes, bolos, mingau, batatas e cogumelos fritos, feijão e pudding, que não é exatamente só pudim e sobre o qual falaremos no futuro.

Neste site da BBC, em inglês, alguns dos itens acima são identificados em suas variações (em “ovos”, por exemplo, podem ser fritos, cozidos, quentes, omeletes…), com links que explicam o modo de fazer.

Se tiver curiosidade sobre o café-da-manhã em outros países, de todos os continentes, tem esta entrada no Wikipedia, também em inglês.

A única maneira de comer bem na Inglaterra é ter o café-da-manhã três vezes ao dia. (Somerset Maugham)

Anúncios

10 pensamentos sobre “Café-da-manhã continental versus britânico

  1. Sabia que eu sempre tive vontade de comer esse café da manhã inglês? Sem contar que a xícara de chocolate quente do Poirot sempre me apeteceu muuuuito.
    =^.^=

  2. Anne, eu li em um blog, uma vez, uma brasileira contando que foi pra Inglaterra e ficou hospedada num “bed and breakfast”, e que quase caiu dura quando viu a mesa do café. Ela contou que o dono da pensão ficou olhando todo mundo, pra ver se eles iam se alimentar direito antes de sair. Ele ficou todo contente quando eles elogiaram a comida. Achei tão fofo!

    Ah, as beberagens de Poirot estão nos planos de posts futuros, pode deixar.
    :o)

  3. E as “fumeragens” também. 🙂

    (lendo um capítulo de “O Misterioso Caso de Styles” que cita Hastings, Poirot e seus cigarros…)

  4. Acho comida uma coisa sempre interessante. Revela muito de cada um. Que bom que as beberagens do Poirot terão um post. Acho-as o máximo!
    Teve um inverno que eu fazia chocolate quente e ia ler um livro da Agatha! Era tão bom.
    =^.^=

  5. Pingback: [TrueBlood] Hard-Hearted Hannah « Batata Transgênica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s