Poirot e seus amores

Poirot (David Suchet) provavelmente acompanhado pela Condessa Vera Rossakoff

Como muitos personagens da ficção policial, Hercule Poirot não se casou. No entanto, teve pelo menos uma grande paixão relatada pela autora: a condessa russa Vera Rossakoff, que conheceu durante investigações de um engenhoso roubo de jóias, ainda no início de sua carreira como detective particular em Londres.

Não indico a leitura devido aos spoilers, mas fica aqui o link para a fonte da informação.

E fica aqui também a dúvida se, na foto acima, Hercule Poirot (personificado por seu célebre intérprete David Suchet) está acompanhado da Condessa. No site onde a foto foi encontrada, não há legenda a respeito, mas há a citação do nome da atriz, Kika Markham.

Tasha de VasconcelosSeja como for, segundo o site da Amazon sobre a versão de “Assassinato no Expresso do Oriente” de 2001, estrelada por Alfred Molina, Vera Rossakoff é interpretada pela atriz moçambicana Tasha de Vasconcelos (foto ao lado).

4 pensamentos sobre “Poirot e seus amores

  1. Vera Rossakoff no Oriente Express?? Eu lembro que tem uma russa no trem, mas não era a Rossakoff, era a Princesa Dragomiroff. Tinha a Condessa Andreniy, mas não era russa. Que salada!

    Não é à toa que esse filme levou 5.2/10 no iMDB…

    Quanto à primeira foto: sim, essa é a Condessa, no episódio “Double Clue”. É um conto do livro “Os primeiros casos de Poirot” – que eu recém-acabei de ler.
    🙂

  2. Eu também achei estranho, mas precisaria reler o Expresso pra conferir. Me baseei no link em questão… Tomara que chegue logo a hora d’o Expresso.

  3. Sim, de fato, esta é a atriz que aparece no episódio “Double Clue”. A outra atriz aparece mesmo no filme de 2001, estrelado por Alfred Molina, só que não faz parte da trama obviamente. É só pra mostrar que Poirot tem a sua Irene Adler.

    A condessa aparece em outros títulos: “Os quatro grandes”, “Os trabalhos de Hércules” e no inédito “The Capture of Cerberus”, o 12º trabalho de Hércules, só que nunca havia sido publicado.

  4. Pingback: Assassinato no Expresso do Oriente, uma análise « A Casa Torta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s