Jasmim amarelo

Gelsemini radix – Jasmim Amarelo. Composição: alcalóides gelseminol. C22H26N2)3, um veneno potente que age como conlina; gelsemina C12H14NO2, que age como estricnina; ácido gelsêmico, etc. Gelsêmico é um poderoso sedativo dos sistema nervoso central. No último estágio de sua ação, paralisa os terminais dos nervos motores, e em grandes doses causa vertigens e perda da força muscular. A morte é causada pela paralisação do centro respiratório. (Os quatro grandes, Ed. Record, pág. 99)

Família – Loganiáceas.
Sinonímia – Jasmim da carolina, jasmim cheiroso, jasmim selvagem, jasmim amarelo, jasmim da virgínia, flor de diana.
Resumo descritivo – Planta trepadeira com belas flores amarelas com aroma de jasmim.
Uso conhecido – Utilizada em casos de nevralgias, dores reumáticas, cefaléias, histeria e convulsões.
Parte usada – A planta toda.
Nota – O uso desproporcional pode causar distúrbios, portanto, deve ser manipulada e dosada por pessoa qualificada e habilitada. (Phitoherb)

Todas as informações em português que consegui referem-se ao uso da planta nos tratamentos homeopáticos; mesmo em inglês e espanhol as informações técnicas são escassas. Nesse ponto, o próprio livro de Agatha Christie é mais útil!

O gelsêmio é usado tradicionalmente no tratamento da dor e dos problemas respiratórios. Não existem estudos clínicos recentes que forneçam uma base para recomendação da dosagem. O uso tradicional da erva indica 30mg do rizoma e o uso atual é, na maioria, homeopático.

Há tempos seu uso não é mais considerado seguro, e gestantes e lactantes devem evitar seu consumo.

As pesquisas sobre reações adversas do uso de gelsêmio fornecem pouca ou nenhuma informação a respeito, mas o que se sabe é que todas as partes da planta são tóxicas e podem causar a morte se ingeridas. O pólen da planta envenena até as abelhas, e o mel produzido a partir de suas flores também é tóxico. Animais que se deitem sobre moitas de gelsêmio são envenenados por contato.

Historicamente, o gelsêmio tem sido usado como analgésico e em produtos homeopáticos, mas seu uso tem sido limitado devido à sua toxicidade. Na virada do século, foi um ingrediente popular em remédios contra a asma e problemas respiratórios. (Material traduzido do site Drugs)

Efeitos fisiológicos

Os primeiros efeitos de grandes doses de gelsêmio são dor entre as sobrancelhas e nos olhos, diminuição da visão e paralisia da pálpebra. A isto se segue a dupla visão, visão esfumaçada ou perda visão. Também pode ocorrer sintoma em que os objetos parecem se aproximar e se afastar. Os olhos podem perder o controle dos movimentos, apontando para direções diferentes.

Logo após a paralisia estende-se aos demais membros do corpo e o paciente torna-se incapaz de ficar em pé, mover-se ou falar, seguindo-se uma fase de convulsões e a morte por asfixia, quando não consegue mais respirar.

Gelsemism abolishes sexual power without affecting desire, and we have in consequence sexual emissions without erection; and on the female organs, spasmodic neuralgic pains, cramps of the uterus, uterine ligaments, and thighs. It paralyses all the sphincters, causing enuresis and involuntary stools. Electricity (faradaic) is the best antidote of the toxic effects. (Henriette’s Herbal Homepage)

Anúncios

Um pensamento sobre “Jasmim amarelo

  1. Gostaria de saber como deve ser o plantio do Jasmim amarelo, ou branco, que tipo de solo é mais apropriado e não sendo o solo propício como devo proceder em relação as dosagens apropriadas de nutrientes, como devem ser as regas e podas.
    O local onde pretendo plantar é no alto de uma serra no interior de PE, porém o solo é muito rochoso.

    Aguardo retorno.
    Grata,
    Lúcia Helena milet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s