Citando Agatha – Semana de 28.07 a 03.08.2008

Este post pertence à série “infinita e semanal” (publicado sempre às terças) de posts que abrangem um resumo (de alguns) dos blogs que citaram Agatha Christie durante a semana anterior, a fim de registrar, periodicamente, parte desta enormidade de sites que falam, por um motivo ou por outro, sobre a Dama do Crime. Neste post, citações de blogs em português de 28.07 a 03.08.2008.

28.07.2008
Blog: Leia
Post: A Noite das Bruxas, de Agatha Christie, pela L&PM Editores, 2006

O trunfo de Hercule Poirot é sua incrível capacidade de juntar peças de um quebra-cabeça às quais mais ninguém presta atenção. Qualidade somente comparável à de Agatha Christie de semear, página após página, detalhes específicos que somente no final se juntam para revelar o mistério. È a mistura desses ingredientes, a astúcia de Poirot e a perspicácia da autora, que prende o leitor que, ao final, é presenteado com uma revelação surpreendente.

28.07.2008
Blog: Agridoce
Post: 100% brasileira, 100% do mundo

O legal mesmo é vivenciar um pouco de tudo. É dançar Rock ‘n’ Roll de Elvis Presley nas noites felizes e se acalmar com a Bossa Nova de Tom Jobim. Se perder nas linhas dos suspenses da Agatha Christie e se deliciar com a leveza de Érico Veríssimo. Se encantar com a fotografia e genialidade dos filmes europeus e ver um pedaço do Brasil no A dona da História.

28.07.2008
Blog: Pastéia de Vento
Post: Muitos parênteses

Quando eu era bem pequena, depois de ler “A Maldição do Espelho” , de Agatha Christie (provavelmente o primeiro não-infantil que li), inventei de escrever um livro. Não lembro exatamente como era a estória, mas devia ser bem boba, o fato é que eu havia gostado do verbo “indagar”, que até então era novo pra mim, e resolvi usá-lo na minha obra. Bom dia, fulana! – indagou beltrano. E o primeiro adulto que leu meu primeiro (e único) capítulo, me informou de maneira pouco simpática que indagar era ‘perguntar’, e não ‘falar’. A lição ficou, mas a vontade de escrever, passou. Devo ter ficado traumatizada com o jeito delicado de ser criticada, ou então, simplesmente enjoei daquela idéia, o que não é muito difícil de ter acontecido.

28.07.2008
Blog: Blog da Gina
Post: Gina em: Conto do não escrever

Nessas alturas da vida sei que não serei mais uma Lygia Fagundes Telles, nem uma Cecília Meirelles, muito menos uma Danielle Steel ou uma Agatha Christie, todavia, ainda posso lançar um livro, certo de que meu nome talvez algum dia seja lembrado naquela lista dos “10 autores mais ou menos da literatura paranaense”.

29.07.2008
Blog: Denise Abramo
Post: A menina que queria estudar

passava as tardes na biblioteca pública, pertinho de casa. ficava olhando as estantes altas e se perguntando de onde tiravam tanta coisa pra escrever. tirou a primeira carteirinha da vida e começou a pegar livros, orgulhosíssima. primeiro os de detetive, agatha christie, sidney sheldon, e a série vagalume. lia em um dia ou dois. depois, josé mauro de vasconcelos (meu pé de laranja-lima e rosinha, minha canoa) e monteiro lobato.

31.07.2008
Blog: Mundo Fantasmo
Post: 0480) Agatha Christie e o medo (2.10.2004)

(…) O que há de mais interessante na saudosa Mrs. Christie é que era uma mulher inteligente, intuitiva, perspicaz, mas sem muita sofisticação conceitual. Vendo-a discutir literatura, história da Inglaterra ou a vida de uma dona-de-casa, estamos diante de alguém que pensa com sutileza e originalidade, mas em momento algum transforma isto em linguajar pseudo-filosofante.

31.07.2008
Blog: La casa de los desalmados
Post: Agatha Christie (1891-1976)

A escritora Agatha Christie é conhecida por milhões de pessoas em todo o mundo como a Rainha do Crime, ou, como ela preferia, a Duquesa da Morte. Nascida em Torquay, Inglaterra, era filha de Frederick Miller e foi registada com o nome de Ann Mary Clarissa Miller.

01.08.2008
Blog: Blog Navarco Maia
Post: Agatha Christie – Poirot sempre espera e outras histórias

A Editora L&PM também publicou na coleção L&PM Pocket o livro Poirot sempre espera e outras histórias de Agatha Christie que na realdade não traz nada inédit desta escritora, porém tem título diferente dos originais publicados no Brasil pela editora Nova Fronteira.

03.08.2008
Blog: Essência no Ar
Post: Aah…leitura

Enloqueci por livros de drama e suspense policial, que até hoje são meus preferidos. Foi quando conheci Agatha Christie, autora dos melhores livros de suspense que já li.

Anúncios

4 pensamentos sobre “Citando Agatha – Semana de 28.07 a 03.08.2008

  1. De onde esse pessoal tira essas coisas? Tem também aquilo que até já virou “lenda urbana”, de que ela sofria de dislexia…

    Na comunidade ACB do Orkut até iniciaram um thread com pérolas publicadas sobre Agatha Christie, tem cada uma de arrepiar.

  2. Volta e meia, nas buscas que faço para o post semanal de citações, me deparo com frases e mais frases que teriam sido ditas por ela. Tenho certeza de que, se pesquisarmos, vamos achar poucas referências concretas para tais ‘falas’…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s