Baba au rhum

– Primeiro vamos jantar, Hastings. E só voltaremos a abordar o assunto à hora do café. Quando se trata de comida, o cérebro deve ser escravo do estômago.
Poirot manteve a palavra. Fomos a um pequeno restaurante em Soho, onde era amigo da casa, e comemos uma omelete saborosíssima, filé de peixe, frango e um Baba au Rhum que era uma das paixões de suas paixões. (Treze à Mesa, Nova Fronteira, 2005, pág. 127)

Baba au rhum

Baba au rhum

A origem

Baba vem de babka ou bobka, um bolo típico do leste europeu consumido no domingo de páscoa; a palavra significa “mulher idosa” ou “vovó” nos idiomas eslavos. A invenção do Baba au Rhum é atribuída a Stanislas Leszczynska, rei deposto da Polônia e sogro do rei francês Luís 15. Segundo o dicionário Larrousse Gastronomique isso é improvável, mas talvez ele possa receber o crédito parcial já que tenha partido dele a idéia de embeber um bolo chamado kouglhopf em bebida alcóolica. Gugelhupf ou kugelhupf é o nome alemão do babka.

Outra versão da lenda conta que o rei Stanislas trouxe um baba em uma de suas viagens que chegou ressecado. Seu pasteleiro Nicolas Stohrer resolveu o problema adicionando vinho de Málaga, açafrão, uvas e passas e creme batido. Stohrer fez parte da comitiva que acompanhou a princesa Maria ao palácio de Versalhes, em 1725, quando ela casou-se com o rei francês. Em 1730 ele abriu sua patisserie em Paris. A idéia de usar rum ocorreu a um de seus descendentes em 1835.

O Baba au rhum é feito numa forma cilíndrica; o bolo inspirou a criação de uma versão alternativa, o Savarin (v. post de 28 de maio de 2008 ).

Fonte: Le Guide des Connaisseurs

Baba au rhum, Rum Baba ou Baba ao rum (em português)

Ingredientes
– 100 g de farinha de trigo
– 120 ml de leite morno
– 15 g de fermento biológico
– 2 colheres (sopa) de açúcar

Esponja

Massa
– 130 g de manteiga
– 200 g de farinha de trigo
– 1 colher (chá) de sal
– ovos

Calda
– 4 xícaras (chá) de água
– 650 g de açúcar
– 3/4 de xícara (chá) de rum

Modo de Preparo

Misture a farinha de trigo, o fermento biológico seco, o açúcar e o leite morno. Cubra e deixe reservado até dobrar de tamanho, como uma esponja.
Bata na batedeira a manteiga, a farinha e os 4 ovos.
Depois junte a esponja. Deixe bater por 10 minutos.
Deixe descansar por 15 minutos.
Encha metade das forminhas com a massa. Coloque numa assadeira, tampe e deixe crescer por 40 a 50 minutos até dobrar de tamanho. Leve ao forno 180º até dourar, por cerca de 20 minutos.

Para a calda: Coloque a água, 1 rodela de limão e o açúcar numa panela e deixe ferver. Depois junte o rum e espere voltar a ferver.
Mergulhe os bolinhos na calda e retire.

Update 19.10.2012 – Em 2012, com o sucesso de “Avenida Brasil”, novela da Rede Globo, a Baba au Rhum virou mesmo Baba ao Rum e se transformou numa receita da personagem Nina/Rita:

Vídeo:
http://globotv.globo.com/rede-globo/avenida-brasil/v/receita-de-baba-ao-rum/2071536/

Receita:
http://tvg.globo.com/novelas/avenida-brasil/Fique-por-dentro/noticia/2012/04/receitas-da-nina-veja-como-preparar-um-baba-au-rhum.html

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s