Citando Agatha – Semana de 25 a 31.08.2008

Este post pertence à série “infinita e semanal” (publicado sempre às terças) de posts que abrangem um resumo (de alguns) dos blogs que citaram Agatha Christie durante a semana anterior, a fim de registrar, periodicamente, parte desta enormidade de sites que falam, por um motivo ou por outro, sobre a Dama do Crime. Neste post, citações de blogs em português de 25 a 31.08.2008.

26.08.2008
Blog: Regueifadoirao
Post: O meu primeiro trabalho

À saída de casa, gostava de pegar em livros de autores que sabia escreverem muito bem, para recolher alguns elementos que poderiam ser úteis. Este foi um conselho de um cliente que se tornou amigo e que me deu alguns conselhos literários, depois de eu lhe ter mostrado algumas redacções. Lembro-me de ter lido Agatha Christie, Somerset Maugham e Richard Swift. Sempre gostei da literatura do Reino Unido!

26.08.2008
Blog: Mundo Fantasmo
Post: A definição do amor (26.11.2004)

O amor, essa atitude de interesse inesgotável pela pessoa que está “do outro lado” é, aliás, a mesma relação recíproca que deve existe idealmente entre um escritor e o leitor. A relação literária é uma relação amorosa, sem sexo, sem corpo, mas impregnada de um profundo e inesgotável interesse pela outra pessoa. Eu sinto esse interesse pela pessoa de Jorge Luís Borges ou de Philip K. Dick, pela pessoa de Augusto dos Anjos ou de Agatha Christie. Tudo que esses indivíduos sentiram, pensaram, experimentaram e viveram me interessa.

26.08.2008
Blog: Música & Poesia
Post: História dos Saraus da Cooperifa em Livro

Abaixo, trecho do livro Cooperifa, antropofagia periférica (Aeroplano Editora):
(…) Com pouco tempo para a rua, passei a freqüentar um outro tipo de lugar: os livros. Lia de tudo um pouco, principalmente livros de adultos, coisas que mais tarde viria a entender, relendo novamente. Gostava também de jornais e revistas.
Li Eram os deuses astronautas?, Pantaleão e as visitadoras, O cortiço, A mãe, Os Miseráveis, A Insustentável Leveza do Ser, Capitães de Areia, Drummond, Ferreira Gullar, Pablo Neruda,
Agatha Christie, Dom Casmurro etc. Devorava e era devorado por tudo o que caía em minhas mãos.

27.08.2008
Blog: Covil do Orc
Post: O Retrato da Vaidade Humana

Alguns livros são bons devido às suas histórias, com narrativas bem feitas e tramas circulares e bem amarradas. Seria o caso de Dom Casmurro e sua trajetória de vida, ou mesmo os mistérios da escritora Agatha Christie, indecifráveis até a última página.

29.08.2008
Blog: Arquivos de um Repórter
Post: Trem mais charmoso do mundo perto da última estação

Todos os dias, saindo às 17:16 da Gare de l’Est, o Orient Express parte de Paris para Viena, chegando às 08:30 do dia seguinte. Administrado (mas ainda com funcionários da Wagon-Lits) pelas operadoras SNCF (França), DB (Alemanha) e OBB (Áustria), o atual Expresso do Oriente pode ter perdido muito de sua pompa, mas ainda é considerado como uma das formas mais convenientes de se chegar à Áustria. O Expresso do Oriente, devido à sua fama, já foi citado em alguns livros e filmes. Uma das referências mais conhecidas está no livro Assassinato no Expresso do Oriente, escrito por Agatha Christie. Nesta história, o detetive Hercule Poirot desvenda um crime cometido a bordo Orient Express. Outra referência é encontrada no livro O Expresso do Oriente, escrito por Graham Greene.O Expresso do Oriente também é citado nos filmes: From Russia with love, de Fleming, assim como na versão de 2004 do filme A Volta ao Mundo em Oitenta Dias, entre outros.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s