Citando Agatha – Semana de 08 a 14.09.2008

Este post pertence à série “infinita e semanal” (publicado sempre às terças) de posts que abrangem um resumo (de alguns) dos blogs que citaram Agatha Christie durante a semana anterior, a fim de registrar, periodicamente, parte desta enormidade de sites que falam, por um motivo ou por outro, sobre a Dama do Crime. Neste post, citações de blogs em português de 08 a 14.09.2008.

10.09.2008
Blog: Criaturas
Post: Folhetim #3

Edgar Allan Poe inventou com três contos – “Os Crimes da Rua Morgue”, “O Mistério de Marie Roget” e “A Carta Roubada” -, ele sozinho, a literatura policial, que são o conto e o romance de mistério. Todos os cultivadores do gênero recém-criado foram seus epígonos, de Arthur Conan Doyle, criador do insólito Sherlock Holmes, a Dashiell Hammett e Raymond Chandler, romancistas que foram também contistas e, de passagem, renovaram o gênero. Uma epígona (se alguém disse “jóvenas”, eu posso muito bem dizer “epígona”), Agatha Christie, disse: “O conto é o domínio natural da literatura de crime e mistério”.

Continuar lendo