O polegar de São Pedro

– Eu vi – afirmou Miss Marple, de maneira impressionante – a vitrina de uma peixaria. Nela só havia uma coisa: hadoque fresco. (…) A primeira coisa que eu vi foram as manchas pretas, as marcas do polegar de São Pedro. Essa é a lenda, como sabem. O polegar de São Pedro. (Os treze problemas, Nova Fronteira, pág. 82)

Melanogrammus aeglefinus

Melanogrammus aeglefinus

A arinca, eglefino ou hadoque (de nome científico Melanogrammus aeglefinus) é um peixe marinho que se pode encontrar em ambos os lados da costa do Oceano Atlântico, da mesma família que o bacalhau. No Reino Unido, é um peixe muito utilizado na preparação do prato Fish and chips.

Sua marca característica é uma mancha grande, escura e em forma de marca de polegar abaixo da linha lateral atrás da cabeça, nos dois lados do corpo. Estas marcas são chamadas de “marcas dos polegares de Satã” ou “marcas de São Pedro”. De fato, o nome antigo do hadoque, no Canadá de língua francesa, era “poisson de Saint Pierre”. Acredita-se que as manchas são a marca deixada pelos dedos indicador e polegar quando ele retirou um ancestral do hadoque do lago Gennesarat (antigamente Lago Tibérias ou Mar da Galiléia, ao norte da Jordânia). Como o hadoque nunca viveu naquelas águas, isto é realmente um milagre!

Fonte: Offshore / Inshore

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s