Pera Palace Hotel

Brasão do hotel

Brasão do hotel

Do blog Entresseio:

Muitos dos recém-chegados a Istambul no Expresso do Oriente aproveitavam as suítes do Pera Palace para se recuperar da longa viagem e buscar fôlego para desbravar a então desconhecida Ásia.

Agatha Christie preferiu escrever algumas linhas e dar início ao romance Assassinato no Expresso do Oriente (1934). O suntuoso hotel escolhido pela autora foi feito para entrar na história. Inaugurado em 1891, tinha declarada intenção de receber os passageiros mais ilustres do luxuoso trem.

Agradar aos endinheirados nunca foi um problema no Pera Palace.

Na época, não havia recém-chegado da Europa que não quisesse se hospedar em um dos 145 quartos do local – o 411, aliás, ficou marcado por ter recebido a rainha do crime. O estilo arquitetônico impressionava. O blend de traços orientais com o neoclássico e o art déco podia ser notado no hall de entrada e nos detalhes da fachada do palacete. Uma mistura improvável e fascinante para aquela época.

Quarto 411, onde Agatha Christie teria escrito 'Assassinato no Expresso do Oriente'

Leia mais clicando aqui.

Demora a carregar, mas vale a pena conhecer o site de um hotel que já teve Agatha Christie e diversas outras personalidades em suas dependências:

http://perapalas.com/

O hotel reabre em 2009 depois de obras de recuperação. A foto ao lado (de Steve Hopson, novembro de 2004) é do Wikipedia, e foi encontrada neste link:

http://en.wikipedia.org/wiki/Hotel_Pera_Palace