Boas Festas e Feliz 2009

O site A Casa Torta faz uma rápida pausa para as festas de final de ano e volta na primeira semana de 2009. Aproveitamos para agradecer as visitas e comentários. Feliz Ano Novo !

Anúncios

Citando Agatha – Semana de 15 a 21.12.2008

Este post pertence à nossa série – publicada sempre às terças – de posts que abrangem um resumo (de alguns) dos blogs que citaram Agatha Christie durante a semana anterior, a fim de registrar, periodicamente, parte desta enormidade de sites que falam, por um motivo ou por outro, sobre a Dama do Crime.Neste post, citações de blogs em português de 15 a 21.12.2008.

15.12.2008
Blog: O doutor dá licença ?
Post: A fórmula do best seller

(…) acho que temos aqui no JRS o Dan Brown português (sim, li O Código da Vinci e diverti-me à brava, sue me), o que não é vergonha nenhuma. Há tempo e lugar para tudo, e se eu prefiro Agatha Christie para entreter, há quem prefira JRS [José Rodrigues dos Santos].

Viagens de Agatha – Tell Halaf

A foto abaixo foi encontrada neste artigo que fala, entre outras coisas, de “Morte na Mesopotâmia”:

Leia mais (em inglês) sobre o sítio arqueológico de Tell Halaf no Wikipedia:

Agatha Christie e seu marido Max Mallowan em Tell Halaf

Agatha Christie e seu marido Max Mallowan em Tell Halaf

A paixão de Agatha Christie pelos trens

Victoria Station, Londres, 1960

Victoria Station, Londres, 1960

Querida Victoria — portão para o mundo para lá da Inglaterra — como eu gosto da sua plataforma continental! E como eu gosto de trens, de qualquer maneira! Sorvendo em êxtase o cheiro sulfuroso — tão diferente daquele, leve, amorfo e distantemente oleoso de um navio, que sempre me deprime com a sua profecia de nauseosos dias por vir. Mas um trem — grande, barulhento, apressado e amistoso, com sua enorme locomotiva fumacenta soltando nuvens de fumaça, que parece dizer, impacientemente: “Eu tenho que ir, eu tenho que ir, eu tenho que ir!” — é um amigo! Está no mesmo estado de espírito que você, já que você também está dizendo: “Eu estou indo, estou indo, estou indo…” (Agatha Christie, Desenterrando o passado, Nova Fronteira)

Citando Agatha – Semana de 08 a 14.12.2008

Este post pertence à nossa série – publicada sempre às terças – de posts que abrangem um resumo (de alguns) dos blogs que citaram Agatha Christie durante a semana anterior, a fim de registrar, periodicamente, parte desta enormidade de sites que falam, por um motivo ou por outro, sobre a Dama do Crime.Neste post, citações de blogs em português de 08 a 14.12.2008.

10.12.2008
Blog: ScriptuS
Post: O pai do romance policial moderno

Edgar Allan Poe, foi sem dúvida o pai do romance policial moderno, se não fosse o conto, Assassinatos na Rua Morgue (1841), não haveria Sherlock Holmes (Conan Doyle, 1887), Hercule Poirot (Agatha Christie, 1920) e tantos outros detetives e investigadores, que até hoje são lidos por pessoas de vários lugares do mundo.

Continuar lendo

Inspirações da vida real

Hotel Savoy, Mussoorie, India

Hotel Savoy, Mussoorie, India

O jornal Deccan Herald publicou um artigo sobre hotéis mal-assombrados na Índia. O primeiro hotel mencionado foi o próprio hotel Taj Mahal, que recentemente foi alvo de ataque terrorista em Mumbai (antiga Bombaim). Segundo contam, o arquiteto que o projetou cometeu suicídio quando descobriu que seu projeto foi construído ao contrário e seu fantasma assombra a ala antiga do hotel.

O segundo hotel citado é o Savoy de Mussoorie, cuja construção iniciou-se em 1890 (ano de nascimento de Agatha Christie) e foi inaugurado em 1902. Dizem que o fantasma de Lady Garnet Orme (ou Lady Gore Ormsby, ou Lady Ormsby, ou Ormsby Gore, dependendo da fonte consultada) assombra os halls e corredores do hotel. Lady Garnet Orme, proprietária, foi encontrada morta em circunstâncias suspeitas, no início dos anos 1910. Encontraram estricnina em sua garafa de remédio, mas ninguém descobriu como isso foi feito. O crime causou sensação na época e foram executadas leituras de bola de cristal e sessões de levitação de mesa para descobrir o que se passou, já que a vítima era praticante de ocultismo. Mais tarde, seu médico morreu envenenado com estricnina, embora não no hotel.

Um vidente declarou ter descoberto a identidade do criminoso mas nada põde ser provado. O escritor Rudyard Kipling escreveu a Sir Arthur Conan Doyle (adepto do espiritismo) suplicando para que usasse o caso em uma nova aventura de Sherlock Holmes, mas quem aproveitou a trama foi Aagtha Christie, em seu livro de estréia O misterioso caso de Styles.

Situated on a hill above the town is the Savoy Hotel, named after the Savoy in London. Its grounds are so huge that it has its own post office, and it’s the biggest of all hill station hotels in India. It has two large tennis grounds, a beer garden (very unusual for India) and a small park with huge old deodar trees. It is built in the shape of a hoof iron with two long flights of spacious rooms and a large terrace, a bar, a restaurant and conference rooms at the end. The atmosphere is simply wonderful. Built about 100 years ago, the building has remained mostly unchanged, and though some corners have deteriorated the whole place has the flair of an old English upper class hotel from an Agatha Christie novel. And in fact, Agatha Christie used the circumstances of a crime committed here for her first novel, as a certain Lady Garnet Orme was poisoned with strychnine and her ghost is still said to haunt the hotel in the dark hours before dawn.(Blog de viagem de Leon Meyer, 2002)

According to the story, Contém spoilers → the husband who is a serial killer buys this property from his wife’s money and they come here to stay. The husband plots to kill his wife but by the twists and turns of the event is himself killed. ← Fim do spoiler It was an eerie resemblance. (The ghost & Agatha Christie)

The Savoy is famous because it was the inspiration of Agatha Christie’s first book, and the owner, Lady Ormsby, was murdered here via cyanide, and her murderer was never found. Lonely Planet said that the place is still haunted with her ghost. Meeting the ghost of Lady Ormsby at the Mussoorie Savoy)

Fotos er elato de Peter Moss.

Reserve um quarto no Hotel Savoy indiano.

Agatha Christie Edição Especial

Capa da edição especial da Nova Fronteira

Capa da edição especial da Nova Fronteira

A editora Nova Fronteira lançou uma edição especial contendo quatro títulos de Agatha Christie, veja a novidade que a Renata Lino conta aos leitores d’A Casa Torta:

Em primeira mão… Tenho uma notícia ótima, dia 26/11 a editora Nova Fronteira lança uma encadernação especial com os livros “Assassinato no Expresso do Oriente”, “A morte no Nilo”, “Mansão Hollow” e “Cai o Pano”. Uma homenagem ao detetive Hercule Poirot.

Obrigada, Renata!

Encontrei o livro à venda na Saraiva e no Submarino.

Sinopse: Nesta edição especial, reunimos quatro livros da autora de romance policial mais publicada no mundo. Assassinato no Expresso do Oriente, Morte no Nilo, A Mansão Hollow e Cai o pano são protagonizados por Hercule Poirot, o mais célebre detetive criado por Agatha Christie, e trazem tramas intrigantes de assassinatos seguidas pelo sempre surpreendente desvendamento do detetive belga. A idéia de escrever Assassinato no Expresso do Oriente surgiu depois que Agatha, voltando de viagem, ficou presa no famoso trem por conta de fortes chuvas que haviam danificado os trilhos. Morte no Nilo também derivou de uma viagem, dessa vez pelo Egito, e A Mansão Hollow é a narrativa de um assassinato durante um almoço entre amigos. Cai o pano, por sua vez, é o último romance da autora e conta com a maravilhosa tradução de Clarice Lispector.