Citando Agatha – Semana de 23 a 29.03.2009

Este post pertence à nossa série – publicada sempre às terças – de posts que abrangem um resumo (de alguns) dos blogs que citaram Agatha Christie durante a semana anterior, a fim de registrar, periodicamente, parte desta enormidade de sites que falam, por um motivo ou por outro, sobre a Dama do Crime. Neste post, citações de blogs em português de 23 a 29.03.2009.

24.03.2009
Blog: Contando Casos e Besteiras
Post: Quanto custa uma mente brilhante ?

(…) assaltei os antigos armários da casa dos meus avós, xeretando, bisbilho- tando e bagunçando tudo o máximo que eu pude. A razão para isso é a quantidade de coisas fantásticas que os avós são capazes de guardar. Minha parte preferida são sempre os livros. Têm aquele cheirinho de antigo, como se fossem tesouros perdidos há séculos, vêm acompanhados de camadas e mais camadas de poeira, mas a essência continua lá, pedindo para ser libertada. Minha primeira escolha foi separar a coleção completa de todos os títulos de Agatha Christie. Já li alguns, mas faço questão de reler. Meus avós que não os esperem de volta tão cedo.

Continuar lendo

Poirot e a arca

Poirot e o Mistério da Arca Espanhola & Outras Histórias

Poirot e o Mistério da Arca Espanhola & Outras Histórias

Conforme já citado em dois posts anteriores [08.09.2008 e 14.01.2009], a editora LP & M tem lançado livros de Agatha em sua Coleção L&PM Pocket:

Em “Poirot e o Mistério da Arca Espanhola & Outras Histórias”, o leitor encontra nove tesouros literários escritos pela Rainha do Crime, publicados na sua maioria em revistas e jornais ingleses durante a década de 1920.

“O limite”
“A atriz”
“Enquanto a noite durar”
“A casa dos sonhos”
“O deus solitário”
“O ouro de Manx ”
“Dentro de uma parede”
“O mistério da arca espanhola”
“O jogo de chá do arlequim”

Leia mais a respeito deste livro, já disponível nas livrarias, no site da LP & M:
http://www.lpm-editores.com.br/

O ponto final do Expresso do Oriente

Turquia

Turquia

Uma matéria de 26.03.2009 publicada no Globo Online com o título de “Entre a Europa e a Ásia, Turquia fascina visitantes” cita Agatha:

O fato de Istambul estar justamente na encruzilhada destes dois continentes sempre exerceu certo fascínio sobre os visitantes. Em 1885, a cidade se tornou o ponto final da luxuosa viagem de trem a bordo do Orient Express, que inspirou a escritora Agatha Christie. Testemunha das últimas horas do grande Império Otomano, a estação ainda existe. Sobre a pergunta inicial, cada um terá a sua resposta. A própria UE ainda não chegou a uma conclusão. Por via das dúvidas, decidiu que Istambul será a capital cultural da Europa em 2010. Para os brasileiros, o novo voo São Paulo-Istambul, a ser inaugurado daqui a dez dias pela Turkish Airlines, acena com mais uma oportunidade de pesquisar a resposta.

Cadastrados no site de O Globo podem ler a matéria completa clicando aqui.

Os Cômodos de Agatha – 2

Lembrando um post que A Casa Torta publicou meses atrás [06.09.2008], vale recordar que alguns dos livros de Agatha trazem figuras, plantas ou mapas que ilustram alguns dos locais onde a trama se desenrola, ajudando o leitor a se ambientar dentro do enredo de mistério.

Abaixo, mais um exemplo (em português) que nos auxilia no livro “Um Passe de Mágica”. A resolução não é das melhores, mas se necessário clique na figura para visualizar em tamanho maior, e colaborações são bem-vindas.

um_passe

Citando Agatha – Semana de 16 a 22.03.2009

Este post pertence à nossa série – publicada sempre às terças – de posts que abrangem um resumo (de alguns) dos blogs que citaram Agatha Christie durante a semana anterior, a fim de registrar, periodicamente, parte desta enormidade de sites que falam, por um motivo ou por outro, sobre a Dama do Crime. Neste post, citações de blogs em português de 16 a 22.03.2009.

17.03.2009
Blog: Trama
Post: a minha avózinha

[a minha avózinha] sabia o que estava a fazer quando me mostrou a colecção vampiro e a rainha do crime – Mrs. Agatha Christie. Desde que Hercule Poirot entrou na minha vida nunca mais deixei de ler.

Continuar lendo

Itens de Agatha em leilão

O site Silver Scorpio publicou matéria sobre o leilão de uma escrivaninha de 170 anos onde Agatha Christie teria escrito alguns de seus romances, entre outros itens. O artigo em inglês está neste link:

Lady Lucy Angkatell gentilmente fez uma versão em português:

Uma antiga escrivaninha na qual a renomada autora Agatha Christie escreveu suas novelas será posto sob o martelo. Espera-se que arrecade 1.000 libras.

A escrivaninha de 170 anos passou para a família do marido de Christie, Sir Max Mallowan, após a sua morte em 1976. Esteve guardada num sótão desde então.

“Estes item são realmente maravilhosos – eu acho que haverá muito interesse,” conforme citou Jean Read, uma especialista em Agatha Christie, para o Telegraph.

“Christie é certamente a escritora de histórias criminais mais famosa de todos os tempos e ter itens tão pessoais é algo especial. Era era uma senhora muito reservada, então ter essa percepção da vida dela é interessante.

[Leia o texto completo clicando aqui]

Eurochannel: Pequenos Assassinatos em Família

Pequenos Assassinatos em Família

Pequenos Assassinatos em Família

Matéria do site Line Up fala sobre Pequenos Assassinatos em Família:

A britânica Agatha Christie nunca sai de moda.

Trinta e dois anos após sua morte, a escritora segue alimentando a imaginação de leitores por todo o mundo.

Autora de mais de oitenta romances policiais, vários deles adaptados para o cinema, suas obras estão entre as mais traduzidas do mundo, perdendo somente para a Bíblia e para o legado de William Shakespeare.

Uma de suas obras mais ousadas gerou a minissérie “Pequenos Assassinatos em Família” (“Petits meurtres en famille”, 2006), cujo último episodio inédito vai ao ar no Eurochannel dia 27.03.2009, sexta-feira, às 22h. Inspirada no romance Hercules’s Poirot Christmas, a produção em quatro episódios traz uma trama sombria e cheia de mistérios, bem ao estilo de Agatha.

O ano é 1939, o rico homem de negócios Simon Le Tescou (Robert Hossein) resolve convocar seus parentes para comemorar seu 70º aniversário, alegando ter algo muito importante para dizer. Cruel e tirânico, o milionário jamais se importou com a família e o convite causa estranheza. Sua intenção, no entanto, é promover um sádico jogo na mansão – interrompido pelo seu misterioso assassinato, do qual todos passam a ser suspeitos.

Dirigida por Edwin Baily, a minissérie traz no elenco rostos conhecidos da TV e do cinema francês, tais como Robert Hossein, Elsa Zylberstein, Bruno Todeschini, Marie Buñel e Frédérique Bel, entre outros. A adaptação do livro ficou a cargo de Anne Giaferri – que hoje escreve outra produção baseada na obra da escritora.

Leia mais clicando aqui.