Frutas, flores, legumes… e Agatha

Agatha everywhere

Agatha everywhere

O site do Estadão publicou no domingo, 14.06.2009, uma matéria sobre os mercados municipais paulistanos que cita Agatha:

Os mercados da periferia são bastante semelhantes, tanto pela diversidade como pelos personagens. Além de alimentos, no de Guaianases, aberto em 1989, é possível encontrar livros usados e uma espécie de ateliê de arte. Uma das 36 lojas dali é a Book Box, um sebo de livros com cerca de 6 mil volumes. “Meu pai, Juraci, trabalha com livro há 20 anos”, conta Jonathan Alves Cavalcanti, de 21 anos, que toca o negócio. “Ele tinha uma banquinha perto da Estação São Miguel (em São Miguel Paulista). Então pensou em entrar no mercado de lá, em 2006.” Deu certo e o sebo virou rede, com uma loja (de rua) no Itaim Paulista e, desde novembro, o boxe do Mercado de Guaianases. E, criado assim no meio dos livros, ele gosta de ler? “Sim. Leio de dois a quatro livros por mês, principalmente os de aventura”, garante, citando como autores prediletos o americano Sidney Sheldon (1917- 2007) e a britânica Agatha Christie (1890-1976).

Leia o artigo completo clicando aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s