Livros em promoção [Submarino e Avon]

Campanha 06/2011

O folheto da campanha 06/2011 da Avon traz dois livros de Agatha Christie:

 

[1] E Não Sobrou Nenhum – Anteriormente Publicado Como O Caso Dos Dez Negrinhos [trad. Renato Marques, Ed. Globo] R$ 14,99

[2] Vira-Vira O Misterioso Caso de Styles + O Caso do Hotel Bertram + conto Enquanto Houver Luz [Ed. Best-Seller] R$ 21,99.

http://www.folhetoavon.com.br/

Já o Submarino está com descontos nos romances policiais:

[1] A Teia da Aranha; O Misterioso Caso de Styles; O Caso do Hotel Bertram; Poirot e o Mistério da Arca Espanhola & Outras Histórias; Um Brinde de Cianureto; Enquanto Houver Luz E Outros Contos de Suspense; Cinco Porquinhos; O Inimigo Secreto; Os Relógios; A Testemunha Ocular do Crime; O Segredo de Chimneys R$ 10,00 cada

[2] Punição Para A Inocência R$ 12,90

[3] E Não Sobrou Nenhum; O Homem do Terno Marrom R$ 14,90 cada

[4] Seguindo A Correnteza R$ 16,90

[5] Morte na Mesopotâmia; Elefantes Não Esquecem R$ 26,90 cada

[6] HQ Assassinato no Expresso Oriente + Morte no Nilo R$ 42,00

[7] Agatha Christie Edição Especial [Assassinato no Expresso do Oriente, Morte no Nilo, A Mansão Hollow e Cai o pano] R$ 59,90

Anúncios

Citando Agatha – Semana de 14 a 20.02.2011

Este post pertence à nossa série – publicada sempre às terças – de posts que abrangem um resumo (de alguns) dos blogs que citaram Agatha Christie durante a semana anterior, a fim de registrar, periodicamente, parte desta enormidade de sites que falam, por um motivo ou por outro, sobre a Dama do Crime, e também como forma de homenagear e prestigiar os blogueiros que tratam do tema ou citam Agatha em suas memórias de todos os tempos. Neste post, citações de blogs em português de 14 a 20.02.2011.

15.02.2011
Blog: Infiltrados
Post: O misterioso caso de Styles

Pelo que propõe, e como propõe, O misterioso caso de Styles transformou-se num marco do romance policial, sempre citado por críticos e estudiosos, ainda que Agatha Christie, com sua capacidade de variação e virtuosismo, o tivesse superado mais tarde com romances bem melhores.

Sugestão de leitura | Agatha Christie’s Secret Notebooks: Fifty Years of Mysteries in the Making

Sinopse
Agatha Christie: 66 romances policiais, 20 peças de teatro, 6 romances sob um pseudônimo e mais de 150 contos. Quais são os mistérios que explicam tamanho sucesso?

Em 2004, um incrível legado foi revelado: Descobertos entre outros objetos deixados na casa da família de Christie estavam seus diários – 73 cadernos escritos à mão com notas, listas e desenhos que apresentavam seus planos para diversos livros, peças e contos. Entre essas relíquias, observações, pistas e notas sobre seus famosos livros, que fascinam gerações de leitores.

Repleto de detalhes que a modesta autora jamais revelou, Os Diários Secretos de Agatha Christie inclui dois contos inéditos de Poirot. Imperdível! [Extraído da edição brasileira]

Capa

Quando a escritora inglesa Agatha Christie faleceu, ela deixou sua propriedade Greenway House para a filha Rosalind. Greenway era a casa de verão da família no Devon desde 1938 e após o falecimento de Rosalind passou para o National Trust para ser reformada, entrando no circuito de jardins abertos à visitação pública.

O neto de Agatha então convidou um dos conselheiros da fundação que cuida do legado da autora para um fim de semana na casa, antes da reforma. Num dos quartos-depósitos, John Curran encontrou uma caixa de papelão repleto de cadernos: durante o resto do fim de semana ele só saiu do depósito para dormir [pouco] e comer [arrastado por Mathew Pritchard, seu anfitrião].

Curran trabalhou durante quatro anos nos cadernos de notas [e não “diários”, como aparece em alguns sites e traduções] decifrando, interpretando, organizando e relacionando as anotações ao seu respectivo romance/conto/peça teatral. As duas maiores dificuldades que ele mesmo aponta em seu livro foram decifrar a caligrafia de Agatha Christie e ordenar cada anotação cronologicamente.

O livro traz alguns fac-símiles de páginas dos cadernos de notas e, cara, vou te contar, não é fácil mesmo! Talvez porque os cadernos funcionassem como uma Penseira em que ela despejava suas ideias para analisá-las mais criticamente depois ou porque o pensamento é mais rápido do que a mão, a caligrafia da Dama do Crime parece de médico. Um médico que escreve em pé, sem apoio, entre uma corrida e outra.

Quanto à cronologia, Agatha não seguia os conselhos de sua criação: o detetive Hercule Poirot recomendava trinta e três vezes que a pessoa deve ter ordem e método, mas sua criadora preferia o “método caótico”: ela sempre tinha meia dúzia deles espalhados pelas casas, na bolsa, etc., voltando a usá-los após intervalos de meses ou anos; as ideias para um livro específico podem se espalhar em vários cadernos, variando entre uma linha a vinte páginas, sequenciais ou não; ela raramente datava as entradas.

The best time for planning a book is while you’re doing the dishes.
Agatha Christie

Continuar lendo

Ligando filmes e atores através de Agatha

Para quem acompanha a série “Agatha Christie’s Poirot”, vale a citação: a veterana atriz Barbara Hershey, que interpretou Caroline Hubbard em “Murder on the Orient Express” (2010) está no premiado “Cisne Negro”, em cartaz nos cinemas brasileiros neste fevereiro de 2011, e que pode dar o Oscar de Melhor Atriz para Natalie Portman: leia a resenha sobre “Cisne Negro” clicando aqui.

Citando Agatha – Semana de 07 a 13.02.2011

Este post pertence à nossa série – publicada sempre às terças – de posts que abrangem um resumo (de alguns) dos blogs que citaram Agatha Christie durante a semana anterior, a fim de registrar, periodicamente, parte desta enormidade de sites que falam, por um motivo ou por outro, sobre a Dama do Crime, e também como forma de homenagear e prestigiar os blogueiros que tratam do tema ou citam Agatha em suas memórias de todos os tempos. Neste post, citações de blogs em português de 07 a 13.02.2011.

08.02.2011
Blog: Dores e delícias de escrever
Post: Eu li: Morte na Mesopotâmia (Agatha Christie)

Costumeiro em romances da Rainha do Crime, existem vários personagens envolvidos na trama, de diferentes personalidades, origens e objetivos. Em certo ponto da trama, todos são suspeitos, até que o famoso detetive Poirot se junta aos envolvidos e inicia-se então a parte do enredo mais envolvente, onde máscaras vão caindo, carapuças vão servindo e, no fim… Bom, aí só lendo. 🙂

10.02.2011
Blog: Paula Simoes’ Blog
Post: Na Síria de Agatha Christie

Gosto muito dos livros da Agatha Christie e penso ter todos os livros que dela se publicaram em Portugal. O livro a que me refiro no título deste post é uma nova edição em Português do livro “Come, tell me how you live”, que a Tinta-da-China publicou o ano passado, na colecção de literatura de viagens, coordenada por Carlos Vaz Marques. (…)

12.02.2011
Blog: Refúgio dos Livros
Post: “Um Crime no Expresso do Oriente” (Agatha Christie): OPINIÃO

De leitura fácil e inúmeros diálogos a acontecer e muita acção, este é mais um livro de Agatha Christie que se lê a alta velocidade na expectativa de desvendar o mistério.

Off-Topic: Homenagem a Júlio Verne

Google hoje [08.02.2011]: Júlio Verne (Nantes, 8 de fevereiro de 1828 – Amiens, 24 de março de 1905), homenagem mais do que justa a um escritor que a geração atual infelizmente não conhece. Alguns de seus livros, imperdíveis:

– Cinco semanas em um balão, 1863
– Viagem ao centro da terra, 1864
– Vinte mil léguas submarinas, 1870
– A volta ao mundo em oitenta dias, 1872

Entre seus diversos clássicos, recomendo em especial um livro inesquecível em minha vida (e tudo a ver com mistério e suspense, nosso tema aqui em A Casa Torta): “A Ilha Misteriosa”, escrito entre 1873-1875.