Quem matou Max ? Agatha Christie no final de Avenida Brasil

O título da matéria de Patricia Kogut para o Globo Online já diz tudo:

João Emanuel se inspira em Agatha Christie para o ‘quem matou Max?’

Nem Cervantes nem Eça de Queiroz. Depois de fazer referências a esses e a outros autores de clássicos da literatura, João Emanuel Carneiro conta que se inspirou em “Assassinato no Expresso do Oriente”, de Agatha Christie, para seu “quem matou Max?” em “Avenida Brasil”. No famoso romance policial inglês, um homem morre após ser apunhalado 12 vezes durante uma viagem de trem. O detetive Hercule Poirot desvenda o mistério: ele descobre que várias pessoas deram facadas na vítima.

Na novela, João garante, algo parecido vai acontecer. Mas, no final, ficará bem claro que houve um único responsável pela morte do malandro:

– Todos os suspeitos terão um motivo para cometer o crime. Mas só um terá dado o golpe fatal – adianta o autor do folhetim.

A matéria foi encontrada aqui.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s