E Não Sobrou Nenhum: A (nova) versão da BBC

O site de cinema CinePop traz matéria de 27.06.2016 de Amanda Manfredini que fala sobre a nova versão de “E Não Sobrou Nenhum” (o título moderno de “O Caso dos Dez Negrinhos”):

Muitos novelistas e roteiristas de filmes e séries têm nos surpreendido com roteiros cheios de suspense e que, no final, trazem aquele famoso plot twist, aquele breve momento que muda tudo que a gente achava e dá à produção um desfecho (quase sempre) memorável.

eentaonaosobrounenhum_2

A BBC poderia ter procurado qualquer pessoa para produzir uma série nessa linha, mas ela foi imensamente inteligente na hora de trazer uma especialista no assunto para contar uma história incrível com um plot twist sensacional. 'E Então Não Sobrou Nenhum' (And Then There Were None) é uma adaptação de um dos livros mais aclamados da rainha dos crimes, no bom sentido, Agatha Christie. A história que foi inicialmente publicada como 'O Caso dos Dez Negrinhos' teve seu título alterado e acabou ganhando um novo título que, particularmente, não me agrada muito. Mas esse não é o ponto da crítica, vamos falar sobre a sensação de assistir essa série incrível! Os primeiros créditos dessa produção tem que ser dados à BBC (…)

Leia a matéria completa no CinePop, clicando aqui.

Anúncios

Agatha Christie x Alfred Hitchcock: Dois universos

Trecho do artigo “À Janela do Expresso Oriente – Uma Analise entre Hitchcock e Agatha Christie”, no blog CinePlot, por Leonardo Carvalho, em 11.06.2016:

(…) O peso psicológico do suspense ou o grotesco do horror variam de obra em obra. Hitchcock, por exemplo, assina mais os sustos e uma iluminação mais escura para compor um ambiente mais carregado em “Psicose”, ou joga o incômodo pelo silêncio, causando uma agonia absurda em “Os Pássaros”. Bem-sucedida, Agatha Christie traz uma mistura incalculável de mistéiro e terror em “O Caso dos Dez Negrinhos”, uma aproximação de obra-prima do gênero. (…)

Leia o artigo completo em:
http://cineplot.com.br/index.php/2016/06/11/a-janela-do-expresso-oriente-uma-analise-entre-hitchcock-e-agatha-christie/