Nova série: Poirot na Bahia?

Post de Ana Paula Laux no site Literatura Policial conta que a Panorâmica TV, produtora independente no Rio de Janeiro, anunciou um projeto, já em andamento, em que Poirot seria “um metódico investigador morando em Salvador”…

A produtora e Agatha Christie Ltd., responsável pelos direitos de todas as obras da Rainha do Crime, assinaram um acordo exclusivo para desenvolver uma série baseada nos livros da autora. O contrato tem exclusividade para o Brasil e a América Latina. Segunda explica Mara Lobão, diretora executiva da produtora:

“Os executivos da Agatha Christie Ltd. estavam à procura de um projeto que pudesse apresentar a autora para novos leitores, com frescor e originalidade, e nos deram toda a liberdade para buscar algo inovador, e então criamos um projeto que coloca o personagem mais querido da autora, o metódico investigador Hercule Poirot, na cidade de Salvador, Bahia”

Leia mais clicando aqui.

Anúncios

Mistério com espião? Chamem por Poirot!

A matéria é do Globo Online… Agente
neurotóxico? Melhor chamar Poirot…

A Rússia ironizou as acusações feitas pelo Reino Unido de que seu governo teria sido responsável pelo ataque com um agente neurotóxico que deixou um ex-espião em estado crítico, em Salisbury (Sul da Inglaterra), neste mês. A embaixada em Londres afirmou que o caso é um mistério que precisa da atenção de alguém como o detetive fictício Hercule Poirot, da escritora Agatha Christie.

No domingo, a embaixada já havia ironizado que era necessário contar com Poirot (…).

O ex-espião Sergei Skripal e sua filha Yulia estão em estado crítico depois de desmaiarem em um banco em Salisbury em 4 de março.

Leia a matéria completa clicando aqui.

Assassinato no Expresso do Oriente 2017, por Tommy Beresford

Em minhas resenhas, costumo dizer que vou ao cinema sem quaisquer expectativas, devidamente “zeradas” pelo fato de não ler antecipadamente as críticas, evitar as resenhas dos diversos sites e inclusive fechar os olhos quando percebo que o trailer vai contar demais sobre o filme. Mas no caso de uma produção baseada na obra de Agatha Christie, autora que comecei a ler com 13 anos de idade, cujos livros, dezenas, já li diversas vezes e para a qual dedico há anos centenas de posts como parceiro de um blog criado em 2008 chamado “A Casa Torta” — título de um de seus melhores livros –, não havia possibilidade de ir para a sala escura assistir a “Assassinato no Expresso do Oriente” sem ansiedade. Afinal, como vocês sabem, eu, Tommy Beresford, sou um dos detetives da grande dama do mistério… 🙂

Leia minha resenha completa no Cinema é Magia:
[Resenhas] Assassinato no Expresso do Oriente

Morte no Nilo: Novo filme em 2018

Ainda que Peter Ustinov tenha sido um Poirot de forma física diferente do original, “Morte Sobre o Nilo” (a adaptação cinematográfica de “Death On The Nile” produzida em 1978) foi um dos melhores filmes ja feitos sobre a obra de Agatha. Agora, a 20th Century Fox, provavelmente animada com a nova versão de “Assassinato no Expresso do Oriente”, anunciou a nova versão para a obra:

Following the ongoing success of Murder on the Orient Express, Twentieth Century Fox have announced that they are actively developing Death on the Nile as a sequel to their recent Agatha Christie release.

Murder on the Orient Express screenwriter Michael Green (Logan, Blade Runner 2049) has been confirmed as writing the sequel. Talking about Green’s adaptation of Murder on the Orient Express, director and lead actor Kenneth Branagh said, “Michael Green clearly loved the material, and he loved the characters. There was a compassion in the screenplay.”

Published in 1937, Death on the Nile is among Agatha Christie’s best-loved and most famous works. The sweeping mystery of love, jealousy and betrayal set in Egypt, drew inspiration from Christie’s own travels, as did her 1934 novel Murder on the Orient Express. Similarly, to the 1934 novel, famed fictional detective Hercule Poirot is central to the story.

A notícia foi encontrada aqui.

Relembrando o clássico de 1978:

Quando (ou onde) Hercule Poirot e Miss Marple (quase) se encontram

St Mary Mead

Uma curiosidade que pouca gente conhece é a ligação, ainda que indireta, entre Hercule Poirot e Miss Marple, nossos amados detetives agathachristianos, dois dos mais famosos do mundo em todos os tempos. Embora Agatha nunca tenha desenvolvido uma história em que ambos atuassem juntos (*), há alguns fatores que levam a crer que eles de alguma forma pertençam a um mesmo nicho ficcional:

[1] Como sabemos, Poirot se encontra em diversas ocasiões com Ariadne Oliver, escritora de romances policiais citado por Agatha em vários livros. Ariadne Oliver conheceu o Reverendo Dane Calthorp e sua esposa no romance “O Cavalo Amarelo”. O mesmo reverendo Calthorp e sua esposa são amigos de Miss Marple, como aparece em “A Mão Misteriosa”.

[2] Poirot conheceu a personagem Katherine Grey no inesquecível “O Mistério do Trem Azul”, e Katherine tem como cidade natal (a fictícia) St. Mary Mead (a mesma onde Miss Marple morava e atuava).

[3] Poirot conheceu o misterioso Mr. Robinson no livro “Um Gato Entre os Pombos” (o primeiro lido por mim, Tommy, em longínquos 1982). O mesmo Mr. Robinson esteve envolvido com mistérios do hotel onde Miss Marple estava hospedada em “O Caso do Hotel Bertram”.

Por último, é importante lembrar que “A Aventura do Pudim de Natal”, contendo seis contos e publicado em 1960, apresenta cinco histórias protagonizadas pelo detetive belga e, a sexta por Miss Marple, mas eles não se encontram efetivamente no livro.

E você, lembra de alguma outra ligação entre esses ou outros personagens de Agatha?

(*) Tomara que um dia alguém encontre, em alguma gaveta ou passagem secreta, um romance inédito que tenha os dois atuando juntos… Já pensaram?